A Pacaembu Construtora é especialista na construção de empreendimentos residenciais de interesse social.

A Pacaembu Construtora é especialista na construção de empreendimentos residenciais de interesse social.

Grupo Pacaembu apoia Start up que constrói solução inovadora para minimizar conta de luz em empreendimentos de interesse social


20 de junho de 2017

Utilizando o melhor de cada tecnologia disponível no mundo, a Sol+Lar desenvolveu um combo utilizando energia solar, iluminação LED e monitoramento inteligente de consumo exclusivamente focado para habitações de baixa e média renda que tem como objetivo mudar e melhorar os hábitos de consumo das famílias

 

A parceria do Grupo Pacaembu, especializado na construção de casas do programa Minha Casa Minha Vida, com a Ambar, que desenvolve tecnologias para habitação, e com a Ebes, pioneira em projetos de geração distribuída fotovoltaica no Brasil, deu origem à startup Sol+lar, que visa reduzir  custos de habitação para o morador. A primeira iniciativa esta diretamente ligada à redução na conta de luz, uma das principais despesas no orçamento das famílias.

O primeiro projeto é voltado ao Programa Minha Casa Minha Vida, e está sendo testado há mais de um ano em 40 casas dos bairros planejados construídos pela Pacaembu, Luz da Esperança (São José do Rio Preto) e São Rogério (Avaré), com a microgeração de energia utilizando placas fotovoltaicas. Este projeto foi acompanhado pela EY e USP, cujos estudos comprovam que é possível reduzir os custos anuais com energia em até R$840, por meio da geração própria.  A segunda fase, que se inicia neste mês, complementa o pacote tecnológico com a substituição das lâmpadas comuns por LED e utilização de inteligência de monitoramento de consumo de energia, o que deve melhorar ainda mais o resultado de economia para os moradores.

A proposta vem ao encontro de uma necessidade. De acordo com o relatório New Energy Outlook 2016, produzido pela Bloomberg New Energy Finance (BNEF), dentro de 25 anos as fontes eólica e solar devem superar as hidrelétricas no Brasil. Com a crise no setor energético nos últimos anos e um sistema elétrico que dá sinais de exaustão, a microgeração residencial de energia solar fotovoltaica deve se tornar uma opção mais atrativa.

“A geração de energia solar com placas fotovoltaicas, além de ser sustentável, já é uma tendência e está em ascensão. Até 2040, a geração de energia solar e eólica responderá por 43% do total produzido no Brasil. Para trazermos esta solução aos bairros construídos pela empresa, buscamos parceiros e investimos na Sollar, a startup que vai ajudar a realizar o projeto em larga escala”, comenta Victor Almeida, Diretor Financeiro do Grupo Pacaembu.

A Sol+lar desempenha um papel essencial, já que, na análise dos parceiros, os programas de habitação proporcionam condições adequadas para uma mudança no conceito de vida e moradia. Para Victor Almeida, os principais beneficiados serão os moradores. “A aplicação de tecnologias combinadas de eficiência energética resultam em um custo mensal de habitação menor, isto é, diminui a despesa com as contas e ajuda no orçamento da família”, afirma.

 

Como funciona

A Sol+lar foi criada para desenvolver tecnologias e soluções de eficiência energética, incluindo a microgeração solar para projetos de moradia. A casa recebe o kit de iluminação com eficiência energética LED, as placas fotovoltaicas e um medidor inteligente, instalado no quadro elétrico. Por meio de uma conexão Wi-Fi, os dados de consumo são enviados para processamento na nuvem.

O que a Sol+lar proporciona é uma economia ainda maior na conta de energia do morador do que apenas o sistema de geração de energia solar tradicional. Por ser um combo desenvolvido pela parceria, o investimento inicial é reduzido em cerca de -17% e aumenta a economia mensal em até 35% a partir da combinação das tecnologias.

No projeto piloto, as famílias que têm a energia fotovoltaica distribuída em suas casas são voluntárias e recebem o sistema em contrato de comodato. Após o período de análise, os moradores ajudam a avaliar o impacto e a utilização da energia solar na residência.

O objetivo é, a partir da validação (redução de custos de moradia), oferecer o sistema aos clientes de empreendimentos habitacionais de interesse social como solução padrão para gerar economia aos clientes.

 

Sobre a Ambar

Plataforma de tecnologia e produtos inovadores para Construção Civil.

Empresa Endeavor desde 2012, com fábrica e centro de desenvolvimento tecnológico no interior de São Paulo já desenvolveu produtos e soluções para mais de 55.000 unidades habitacionais.

 

Sobre a Ebes (Empresa Brasileira de Energia Solar)

Pioneira no desenvolvimento de projetos de geração distribuída fotovoltaica no Brasil, com 3 MW instalados. Projeto liderado pelos Fundos TPG e MOV Investimentos.

 

Sobre o Grupo Pacaembu

O Grupo Pacaembu atua há mais de 20 anos na construção de empreendimentos residenciais de interesse social, contemplados no Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.  O portfólio de obras abrange mais de 45.000 unidades habitacionais comercializadas em todo o Estado de São Paulo.

Assessoria de Imprensa – Ribeirão Preto
Núcleo da Notícia Comunicação Corporativa

Responsável: André Luiz Rezende
Telefones: (16) 3237-7367 ou (16) 3237-7368

Assessoria de Imprensa
São José do Rio Preto - Lacerdapress

Responsável: Wiliam Batista
Telefone: (17) 3222-1168
E-mail: wiliam@lacerdapress.com.br